Compartilhe:

Inovação para marcas não é sobre talento. É estratégia e cultura.

Sabemos que aplicar inovação é mais desafiador do que nunca. Não só pela velocidade dos negócios, mas também do mundo.

 

As necessidades e valores dos consumidores mudam o tempo todo e existe um mar de marcas querendo atrair essas pessoas. O futuro é sempre logo ali e é preciso acompanhar o movimento. Marcas que são percebidas como inovadoras aumentam seu valor mais rápido do que outras e se mantêm no jogo.

É preciso inovar. Com estratégia.

Inovar é investir em um processo de criação de ideias, produtos ou processos que possuem o objetivo de resolver um problema. Por isso, é preciso entender qual inovação será aplicada na empresa e qual o papel motivador desse processo.

De maneira geral, existem três categorias de inovação: produto, processos e modelo de negócios.

Como aplicar a inovação para marcas no dia-a-dia é o grande desafio. Abaixo é possível entender e contextualizar cada uma delas: 

INOVAÇÃO DO PRODUTO

Existe o potencial de incrementar e melhorar a eficiência de algo que existe hoje ou desenvolver um novo produto.Isso pode ser tão simples quanto adicionar um novo recurso a um bem ou serviço estabelecido, ou tão complexo quanto criar um novo. O objetivo é facilitar a vida do público-alvo, resolvendo um problema.Os fatores que impulsionam a inovação de produtos incluem avanços tecnológicos, mudanças nos requisitos ou necessidades dos clientes, designs desatualizados e muito mais. É preciso uma extensa pesquisa que identifica oportunidades em cada uma dessas áreas, bem como formas de aplicar essas mudanças na linha de produtos de uma empresa para melhor atender o cliente.A inovação de produtos é benéfica para o negócio e o consumidor. Quando bem-sucedido, um produto ou serviço inovador atenderá melhor às necessidades do mercado, o que, como resultado, impulsiona as vendas e a receita da empresa.

INOVAÇÃO DE PROCESSO

Quando pensamos em inovação algo que pode ser negligenciado, mas ter impacto positivo, são os processos. No entanto, olhar para esse lugar, significa impactar diretamente na criação, entrega e suporte de um produto ou serviço.Se bem-sucedido, essa inovação pode reduzir custos de produção, maior efetividade, satisfação interna e impacto positivo no relacionamento com o consumidor. Tudo isso podendo ser traduzido em aumento de lucros e construção de valor para a marca.

INOVAÇÃO DO MODELO DE NEGÓCIOS

Inovar no modelo de negócios é algo mais amplo, complexo e carrega o potencial de ser um game change ou a incerteza a inovação carrega.Ao invés de concentrar em um produto ou serviço novo ou aprimorado, passamos a discutir sobre a maneira como o produto ou serviço será levado ao mercado.É uma mudança mais profunda, que impacta diretamente no valor que será entregue aos clientes e ao mercado. Um exemplo simples de mudança, mas que tem impacto na operação e na percepção, é a venda de produtos em uma loja física que passa a assumir a venda online. Apesar de não ser uma mudança disruptiva, passa a entregar outro formato ao consumidor e gera a necessidade de uma nova dinâmica no negócio.

Inovação, cultura e construção de marcas andam de mãos dadas.

Nem toda inovação é boa para as marcas e nem todas as marcas são adequadas para uma determinada oportunidade de inovação.

Tenha em mente que uma marca forte é mais valiosa do que apenas uma ideia. Por isso, investir em uma estratégia e gestão de marca se torna cada vez mais importante para negócios protagonistas de mercado.

Com Brand Innovation construímos uma análise profunda de negócios preparando, através de branding, retail design (arquitetura) e gestão de marcas, marcas que são impulsionadas para o futuro.

Compartilhe: